FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Cronografia de Albert Einstein

Assinatura de Einstein

Einstein o Cientista do Milénio"Todos sabem que Einstein fez alguma coisa espectacular, mas poucos sabem o que ele realmente fez." (Bertrand Russel)

O Ano do Milagre

Os biógrafos de Albert Einstein referem-se a 1905 como sendo "The Miracle Year". Foi neste ano que Einstein publicou três artigos que o tiraram do anonimato e o elevaram ao topo da comunidade científica.

Março 1905
Albert enviou um artigo a um dos jornais científicos mais relevantes da época: Annalen der Physik, da Alemanha. No artigo, Einstein apresentava uma nova maneira de se entender e interpretar a luz. A ideia, até então, universalmente aceite, era de que luz, como todo o espectro electromagnético, era constituída por oscilações do campo electromagnético. Einstein mostrou que a luz poderia ser interpretada como sendo formada de "partículas de energia", independentes, discretas, oscilantes, com energia proporcional à sua frequência de oscilação. Alguns anos antes, Max Plank havia sugerido que a energia era descontínua, formada por pequenos "pacotes", chamados de quantum. Einstein chamou aos quanta de luz -  fotões. A teoria proposta por Einstein era a única capaz de explicar o efeito fotoeléctrico, tal como era observado experimentalmente.

Maio 1905
No mesmo jornal, Einstein publicou um artigo explicando o movimento randómico observado em partículas suspensas num líquido (conhecido como movimento Browniano), utilizando a já conhecida teoria da energia cinética. O modelo matemático apresentado por Einstein explicava em detalhe as observações experimentais dos movimentos de tais partículas.

Junho 1905
Einstein publica, no mesmo jornal, o seu mais famoso artigo: o da Teoria Especial da Relatividade. Desde a época de Galileu e Newton, os físicos conheciam o Princípio da Relatividade: a medida de qualquer processo mecânico seria a mesma se o corpo estivesse em movimento a velocidade constante ou em completo repouso. Duas pessoas podem, por exemplo, jogar ping-pong numa mesa sobre a superfície da Terra ou dentro de um avião, movendo-se a mais de 1000 km/h. Se não houver nenhuma turbulência, se o avião não tiver janelas e, ainda, se a velocidade da aeronave for constante, os jogadores não estarão aptos a dizer se o avião está ou não em movimento. Entretanto, de acordo com a teoria electromagnética desenvolvida por Maxwell e refinada por Lorentz, a luz não obedecia este princípio. Esta teoria dizia que a velocidade da luz sofreria efeitos do movimento. Estes efeitos não tinham, até então, sido detectados, tanto que a maioria dos físicos advertiam: a velocidade da luz não varia. Nesta época, Einstein estava convencido de que o Princípio da Relatividade deveria aplicar-se a todos os fenómenos, inclusive à luz. Para que isto fosse possível, uma nova e mais cuidadosa consideração sobre o conceito de tempo teve que ser feita. O tempo, que para Newton era algo absoluto e universal, era, segundo a Teoria Especial da Relatividade de Einstein, relativo.

CRONOGRAFIA de Einstein:
Uma forma de conhecer melhor este cientista é acompanhar um resumo cronológico dos principais acontecimentos da sua vida.


1879: Albert Einstein nasce em Ulm, na Alemanha. Seu pai, Hermann Einstein, era um vendedor de colchões de penas.

1884: Einstein ganha o seu primeiro instrumento científico: uma bússola.

1894: Os pais de Einstein mudam-se para Pavia, Itália, mas Einstein fica em Munich, Alemanha, para terminar seu primeiro grau.

1895: Einstein tenta um exame para entrar directamente na Swiss Polytechnic, uma universidade, sem passar pelo segundo grau. Ele reprovou no exame de artes. Segue, então, para Aarau, Suíça, para fazer o segundo grau.

1896: Einstein consegue entrar na ETH em Zurich, uma conceituada Universidade da época. Ele tinha 17 anos.

1898: Albert apaixona-se por Mileva Maric, uma colega de classe húngara.

1900: Einstein termina a faculdade.

1901: Einstein torna-se cidadão Suíço. Desempregado, procura por trabalho. Consegue emprego em Schaffhasen, Suécia, como professor.

1902: Mileva, grávida, muda-se para a Hungria, onde dá a luz aBern, hoje Lieserl, que é dada para adopção. Albert muda-se para Bern, onde consegue um emprego no Swiss Patent Office. O pai de Einstein morre.

1903: Albert casa-se com Mileva

1904: Nasce Hans Albert, o primeiro filho do casal.

1905: "Annus Mirabilis": Einstein publica os seus artigos mais importantes (veja quadro). Nasce a Teoria Especial da Relatividade. Tinha 26 anos.

1907: Einstein tenta aplicar as leis da gravidade à sua Teoria Especial da Relatividade.

1910: Nasce outro filho: Eduard Einstein.

1911: A família muda-se para Praga, onde Albert trabalha como professor titular na German University. Einstein é o mais novo participante da primeira conferência mundial de física.

1912: Ele e a família mudam-se para Zurich, onde Albert trabalha como professor de física teórica na ETH - Universidade na qual se formou.

1914: Einstein torna-se o director do Kaiser Wilhelm Institute, em Berlin, e é professor de física teórica na University of Berlin. Ele e Mileva iniciam o processo de divórcio.

1915: Einstein completa a Teoria Geral da Relatividade, com uma nova interpretação para a teoria gravitacional.

1917: Einstein fica muito doente, quase morre. Sua prima, Elsa, ajuda-o, como enfermeira, até à sua cura. Albert publica o seu primeiro artigo em cosmologia.

1919: Albert casa com Elsa. No dia 29 de Maio, um eclipse do Sol prova que a Teoria Geral da Relatividade de Einstein estava correcta.

Einstein com Bohr1922: Recebe o Prémio Nobel da Física de 1921.

1927: Coordena a quinta conferência mundial de física e inicia, com Bohr, a fundamentação da mecânica quântica.

1932: Identificado como judeu, começa a temer os nazis na Alemanha.

1933: Albert e Elsa mudam-se para os EUA, em Princeton, New Jersey. Ele assume um posto no Institute for Advanced Study.

1936: Elsa morre repentinamente.O seu último quadro-negro

1939: A II Guerra Mundial começa: Einstein escreve a sua famosa carta ao presidente Franklin D. Roosevelt alertando sobre a possibilidade da Alemanha construir a bomba nuclear.

1940: Einstein torna-se cidadão americano.

1949: Mileva morre.

1955: Albert Einstein, no dia 16 de abril, morre de ataque cardíaco.


Em busca da Teoria Unificada

Os últimos anos da vida de Einstein.

Por volta de 1935, a teoria dos quantum era mundialmente aceite. Esta teoria, que Einstein ajudou a criar, podia descrever todos os fenómenos físicos observados no quotidiano. As suas aplicações incluem o transistor, o laser, a química moderna, e mais. Entretanto, Einstein não acreditava que esta era a teoria definitiva, e passou o resto dos seus anos à procura de uma teoria mais completa e profunda. Morreu antes de o conseguir.

Na teoria da relatividade de Einstein, a força da gravidade tornou-se uma expressão da geometria do espaço e do tempo. As outras forças da natureza, como o electromagnetismo, não foram descritas nestes termos. Para Einstein, o electromagnetismo e a gravidade poderiam ser explicados numa estrutura matemática mais profunda e complexa. A busca por esta explicação - por uma "teoria unificada" que uniria o electromagnetismo e gravidade, espaço e tempo - ocupou a maior parte da vida de Albert Einstein.



2004-2016 Prof. Luís Perna. All rights reserved. Objectivos   |   Terms & Conditions